3º Seminário Soluções em Tratamento Acústico

Data e Hora  artigo publicado em 25/09/2009

O 3º Seminário Soluções em Tratamento Acústico apresentou casos práticos, novas tecnologias e novos materiais. Além disso, seu formato abriu mais espaço para debates e reuniu, no mesmo ambiente, o arquiteto Márcio Mazza, como mediador; e três palestrantes para responderem questões levantadas pela platéia. Por tudo isso, agradou os cerca de 200 profissionais que lotaram o Espaço Milenium, do Secovi, em São Paulo, interessados em aumentar sua capacitação técnica. Na ocasião, o engenheiro Sólon do Vale, editor técnico da revista “Áudio, Música e Tecnologia”, recebeu uma homenagem pela contribuição ao desenvolvimento do setor acústico no País.

Como em anos anteriores, o encontro – promovido pela Vibrasom e patrocínio da Lafarge – destacou casos práticos: o arquiteto Lineu Passeri Jr., da Passeri Associados, apresentou a palestra “Isolamento e tratamento acústico em escola de audiovisual”, na qual descreveu o trabalho acústico realizado nos estúdios de rádio e televisão da ECA (Escola de Comunicação e Artes), da USP.

Na palestra “Cabine Acústica”, o gerente comercial da Vibrasom, Luís Carlos Gusson, contou como reduziu os níveis de ruídos de um conjunto de três chillers (máquina do sistema de ar-condicionado) instalado em um edifício comercial na zona sul da cidade.  Para se ter ideia da gravidade da situação, basta dizer que o barulho atingiu 74 dB na varanda do terceiro andar do edifício. Solução apresentada: instalação de uma cabine acústica com 23 metros de largura, 6 metros de profundidade e 4 metros de altura. Depois da instalação, os níveis de ruídos ficaram em torno de 63 dB na divisa do edifício, atendendo a legislação vigente

A arquiteta Cândida Maciel, da Síntese Acústica Arquitetônica, de Brasília, fez uma análise minuciosa da NBR 15.575, que entrará em vigor no mês de maio do ano que vem. A norma estabelece requisitos, critérios e métodos de avaliação em edifícios habitacionais de até cinco pavimentos. Na palestra “Projetos acústicos com Sistemas Drywall”, Marcelo Pedrosa, da Lafarge, destacou os principais fatores que influenciam no isolamento acústico: Quantidade  e espessura das chapas de gesso, estrutura, vazio entre as chapas e inserção de elementos atenuadores.

Na palestra “Acústica e Arquitetura de Igrejas Barrocas Mineiras”,a professora Stelamaris Rolla Bertoli,da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, da Unicamp, apresentou a avaliação acústica de 10 igrejas de Minas Gerais. Segundo explicou, o trabalho consistiu na caracterização do campo sonoro por meio de medidas objetivas de parâmetros acústicos e a comparação com os valores estabelecidos. Já o professor Márcio Avelar, Mestre e Doutor em acústica e vibrações pela Universidade Federal de Santa Catarina, abordou o tratamento acústico para salas de audição e estúdios.

O 3º Seminário Soluções em Tratamento Acústico tem o patrocínio da Lafarge, apoios da Owens Corning, Plastryn, IAB-SP (Instituto de Arquitetos do Brasil), da AsBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura), portal arqui!bacana e revista Construção & Negócios

shadow

Pesquise aqui por soluções, produtos ou notícias:


Slogan
Subir