Ruído de impacto: um desafio para construtores e projetistas

Data e Hora  artigo publicado em 10/03/2010

O conforto acústico analisado por qualquer prisma e sob qualquer ponto de vista sugere a sensação de bem estar, de tranqüilidade emocional, de deleite dos momentos de trabalho ou de repouso. Paralelamente a esta evolução desenvolveu-se uma condição de importância vital nos dias atuais: a redução do custo de produção, cuja conseqüência é caracterizada pela economia de material que por sua vez reflete-se na diminuição das dimensões das estruturas de uma maneira geral e, em particular das espessuras dos painéis separadores de ambientes, dentre estes as lajes de entre piso.

A redução das espessuras provocará, de maneira genérica, a rigidez das estruturas prediais. A eventual compensação da diminuição da espessura pelo aumento da ferragem estará limitada pelos critérios normativos de percentual da armadura e, além disso, do custo, que é o que se deseja sempre diminuir. O resultado óbvio é o surgimento, inevitável, do desconforto acústico causado por ruídos de impacto.

O descontentamento do usuário, preocupado com os padrões de conforto e, exigindo uma qualidade de vida compatível com o desenvolvimento da tecnologia está fazendo com que esta situação comece a sofrer modificações.

Nesse sentido, o isolamento do ruído de impacto em pisos de edificações é de grande interesse para garantir condições de habitabilidade e salubridade acústica em ambientes residenciais. Esse tipo de ruído é produzido por impactos nos elementos da edificação, como a queda de objetos, arraste de móveis, pessoas caminhando, podendo gerar incômodos nos usuários de ambientes adjacentes.

O ruído de impacto é um desafio para construtores e projetistas pela dificuldade que se encontra para a interrupção das vibrações decorrentes da rigidez dos vínculos entre os elementos estruturais. Diversos estudos científicos visaram o desenvolvimento de métodos para amenizar seus efeitos, dos quais o “piso flutuante”, composto pela interposição de material elástico entre a laje e o contrapiso, tem apresentado vantagens significativas porque apresenta a solução ainda na fase do projeto e permite a utilização de revestimentos ao gosto do usuário.

Para projetar o seu sistema de piso flutuante, venha conhecer a manta acústica para pisos EcoSilenzio, que já atende o nível superior de isolamento sonoro ao ruído de impacto exigido pela nova norma NBR 15575-3. Desenvolvida por especialistas da Acital Isolamentos Térmicos e Acústicos, que atua mais de 20 anos em soluções acústicas definitivas, é a manta acústica mais elástica/resiliente do mercado e adequa-se aos projetos comprometidos com o desenvolvimento sustentável.

Fonte: Dissertação de Mestrado UFSM

shadow

Pesquise aqui por soluções, produtos ou notícias:


Slogan
Subir